O curso de finanças do Projeto INDO “Como chegar ao fim do mês?”, forma a primeira turma
17 de maio de 2018
ESTUDO 561 – SERMÃO N° 21 – 05.08.2019 | Tema: “Discurso Final”
7 de agosto de 2019
Exibir tudo

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

Texto Biblico: I Pedro 4.1-2: I Pedro 4.7-11; Mateus 25.31-46.

Quebra-gelo: Você tem idéia do tempo de vida que te resta? Como você planeja vivê-la?

Introdução: A semana passada falamos sobre o desafio de desenvolver “atitudes que abençoam”, ou atitudes que nos aproximam da herança que Deus nos confiou e atitudes que nos afastam da nossa herança (I Pedro 3.8-9). Queremos continuar pensando sobre esse desafio. Jesus tornou-se o caminho para que pudéssemos nos aproximar daquilo que Deus sempre planejou para nós. Vejamos algumas dicas de Deus para nós nesse texto:

1).  A vida é curta e passa rapidamente (v. 1-2) – no tempo que vos resta na carne…,

Todos nós temos conhecimento disso, porém vivemos como se nunca fosse acontecer conosco. Deus nos lembra de que esse tempo é curto e o desejo dEle é que vivamos de acordo com a sua vontade. Precisamos viver com discernimento, precisamos aprender com Ele, e buscar viver como Jesus viveu. Você crê que todas as atitudes de Jesus foram abençoadoras? Não existe possibilidade de desenvolver atitudes verdadeiramente abençoadoras se não por intermédio de Jesus, Ele é a fonte de toda espécie de benção. Você quer aproveitar bem a sua vida?

2). Servimos a Deus abençoando pessoas (v. 07-11) – Precisamos buscar ver a vida com os olhos de Deus.  Foi à maneira como Deus olhou para nós que trouxe a possibilidade de termos vida. Todos nós estavamos “atolados” no pecado, mas o seu amor manifesto lá na cruz cobriu “multidão” de pecados de nossas vidas. O Apóstolo Pedro está falando que quando procuramos ver como Deus vê, enxergaremos além dos pecados e a vida de qualquer pessoa pode ser completamente restaurada. Leia os versículos novamente e pergunte de que forma o Senhor está te desafiando. Anote isso em algum lugar para orarmos sobre isso depois.

3).– Atitudes que abençoam sempre glorificam a Deus – (v. 11) – …para que em todas as coisas seja Deus glorificado…, Jesus já havia nos alertado que quando fazemos bem “a um destes meus pequeninos irmãos, fazemos para Ele” (Mateus 25.40). Qualquer necessitado nesta terra é considerado um pequenino perante Deus e Deus me chama para ser um abençoador. E quando me disponho a agir em favor de alguém, Deus sempre será glorificado. Quer glorificar a Deus com a sua vida?

4).- Precisamos caminhar na dependência de Deus – (v. 11) – …faça na força que Deus supre…  Agir em nome de Deus pode não significar muita coisa, mas agir na força de Deus faz toda a diferença. Oséias 4.6 afirma que o povo que se chamava pelo nome do Senhor estava sendo destruído porque não o conhecia. Amado(a), é na força do Senhor que podemos abençoar e sermos abençoados em tudo o que fazemos. Caminhe na força de Deus e você verá o resultado prático disso na sua própria vida.

Conclusão: Amado(a), Se posicione em Cristo, decida hoje que atitudes você deseja desenvolver, atitudes de bençãos ou de maldições. Levante a sua mão e vamos orar.

Os comentários estão encerrados.