ESTUDO 572 – SERMÃO N° 32 – 21.10.2019 | Tema: “Não Deixe o Mal Te Vencer”
17 de outubro de 2019
ESTUDO 574 – SERMÃO N° 34 – 04.11.2019 | Tema: O Que Nós Queremos é o Que Verdadeiramente Precisamos?
4 de novembro de 2019
Exibir tudo

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

Textos Bíblicos: Números 21.6-9 e João 3.14-15

Quebra-gelo: O Diabo reina nas trevas, o que você acha dessa afirmação?

Introdução: Falamos a semana passada sobre o desafio de “não se deixar vencer pelo mal”, hoje queremos falar sobre o desafio de neutralizar as ações destruidoras das trevas.

O texto de Números nos apresenta um período onde as ações das trevas começaram a prevalecer sobre a vida do povo. Em função da demora de algumas respostas acabaram perdendo o foco e permitiram que o coração deles fosse completamente contaminado “pela falta de paciência”. Essa era a realidade que o povo estava vivendo. Vejamos o que a Bíblia nos ensina que pode nos ajudar nisso?

1. Nossas ações determinarão se as coisas vão melhorar ou piorar. – A palavra nos alerta que o coração do povo foi visitado com a “falta de paciência” e a “falta de paciência” levou o povo a andar por caminhos de destruição, começaram a falar contra Deus e contra Moisés, deixaram a murmuração ganhar o coração deles. Existe algum caminho de morte na sua vida? Se a sua resposta é sim, decida hoje mudar.

2. Era um Povo de Memória curta – esqueciam rapidamente das bênçãos e das vitórias (v.5) –  Precisamos lembrar sempre dos feitos de Deus a nosso favor. Deus sempre trabalhou para que não apagássemos da memória o que Ele fez por nós. A santa ceia foi instituída como memorial (I Corintios 11.23-26). Deuteronômio 11.1-7  Deus lembra tudo o que Ele fez antes do povo avançar, eles teriam lutas pela frente e não poderiam esquecer das ações de Deus a favor deles para não se perderem . Lamentações Jeremias 3.20-21 quero trazer a memória, o que pode dar esperança.

3. Deus nos deu autoridade sobre as trevas – Não existe mágica para neutralizar as trevas, existem atitudes, e o que Deus nos oferece como possibilidade é primeiro o arrependimento (v.7). Se eu descubro que os caminhos pelos quais estou caminhando são caminhos de morte é preciso arrepender-se, pedir perdão e nunca mais voltar a praticá-lo. Essa atitude neutraliza o veneno do pecado. A outra atitude é (v.7): Caminhar nas orientações do Senhor. Atos 3.19 “arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam anulados os vossos pecados e venham então os tempos de refrigério pela presença do Senhor”.

4. Não desviar os olhos de Jesus. – Deus não respondeu a oração do povo como o povo pediu, mas foi além do que o povo pediu, providenciou uma solução definitiva para a caminhada deles. Dali para frente era só obedecerem e caminharem crendo na solução de Deus. Quer andar em vitória? Jesus já foi levantado por mim e por ti (João 3.14-15)

Conclusão: Se você está insatisfeito, se você está impaciente, se você está na luta, não abra brechas, não culpe a Deus, não culpe Moisés. (quem são os Moisés sobre a tua vida?) Arrependa-se e volte a olhar para Jesus.

Os comentários estão encerrados.