ESTUDO 573 – SERMÃO N° 33 – 28.10.2019 | Tema: “Vencendo as Trevas Sempre”
24 de outubro de 2019
ESTUDO 575 – SERMÃO N° 35 – 11.11.2019 | Tema: Semeando e Colhendo
13 de novembro de 2019
Exibir tudo

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

Textos Bíblicos: João 5.6-8; Marcos 10.51

Quebra-gelo: Você já conquistou algo que você achava que precisava muito e depois que conseguiu percebeu que não era tão importante assim?

Introdução: Adquirir um presente para criança é uma coisa simples. No entanto se quisermos saber a opinião dela com certeza será um brinquedo. Se buscarmos a opinião da mãe, provavelmente será algo que seja útil para a criança. O problema é saber a quem agradar porque o que a criança quer é diferente do que a mãe quer. Conosco não é diferente, temos visto, em vários estudos, o propósito de Deus para nossas vidas; o que Ele quer de nós. Mas e nós, o que queremos? Nem sempre o que queremos é o que precisamos, vemos essa diferença clara no texto de João 5.6-8.

1 – O paralítico queria ser posto no tanque  – Por causa da história do anjo que mexia a água, e de que o primeiro enfermo que entrasse no tanque seria curado; o paralítico colocou como objetivo central de sua vida, entrar no tanque. Às vezes fazemos o mesmo com as nossas vidas, ao invés de focarmos na real necessidade, focamos na forma e gastamos a vida para ver aquela forma sendo estabelecida. Fazemos da forma a necessidade, o paralítico queria ser posto no tanque acreditando que isto poderia mudar a sua vida. Muitas vezes buscamos muitas coisas (queremos muitas coisas) porque pensamos que podem tornar nossa vida melhor, ou menos sofrida.

2. O que realmente o paralítico precisava era ser curado – O paralítico não precisava ser posto no tanque, precisava ser curado. É lógico que o homem queria ser curado, mas condicionou sua cura a entrada do tanque. Assim também é conosco, no entanto precisamos entender que o Senhor é quem tem o melhor para nós ele sabe o que realmente precisamos. Achamos que teremos uma vida melhor se conseguirmos o que queremos. Não é verdade.

3. A vontade do Senhor é o melhor para as nossas vidas – (Romanos 12.2) – O que nós queremos é o que Deus quer para as nossas vidas? Esse é o grande conflito interior em nossos corações. Precisamos entender que o que Ele tem é o melhor para nós (Jeremias 29.11; João 10.10; Provérbios 3.1-10; Isaias 1.19; Deuteronômio 30.15-20). O Senhor tem o melhor para nós, precisamos buscá-lo e rendermos as nossas vidas a Ele.

Conclusão: O que nós queremos? Uma vida com alegria e paz? Então o que nós precisamos é conhecer e andar com Deus. Você quer uma vida melhor? Você precisa de Deus. Quer a Ele? Levante a mão, vamos orar.

Os comentários estão encerrados.