ESTUDO 574 – SERMÃO N° 34 – 04.11.2019 | Tema: O Que Nós Queremos é o Que Verdadeiramente Precisamos?
4 de novembro de 2019
ESTUDO 576 – SERMÃO N° 36 – 18.11.2019 | Tema: Colheita Proveitosa
18 de novembro de 2019
Exibir tudo

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

Textos Bíblicos: Gálátas 6.6-8; II Corintios 9.6-7

Quebra-gelo: Já experimentou algumas coisas na sua vida que você não sabe como entraram e que são muito ruins?

Introdução: A semana passada falamos sobre necessidades: “o que achamos que precisamos e o que verdadeiramente precisamos”. Este é um fator importante para a nossa caminhada porque a nossa semeadura sempre será de acordo com aquilo que nós acreditamos que precisamos e não de acordo com as orientações de Deus para as nossas vidas. Por isso muitas colheitas que fazemos são ruins, são apenas resultados de nossa vontade e não são propósitos de Deus para nós. Deus deseja que tenhamos vida abundante em todos os aspectos, individualmente, no meio da família, no trabalho, na célula, nos ministérios, na igreja e fora dela. (João 10.10), mas o caminho é entrar por Ele (João 10.9). Se semearmos em Deus e de acordo com as suas orientações a colheita será excelente, não tem como dar errado. Vejamos alguns princípios para uma boa semeadura.

1 – Precisamos entender as leis da semeadura – Quando observamos a natureza vamos compreender com profundidade as leis da semeadura e elas nos mostram alguns aspectos bem práticos: 1) Não há colheita sem semeadura; 2) Colhemos o que plantamos; 3) Colhemos depois que plantamos; 4) Colhemos onde plantamos e 5) Colhemos sempre mais do que plantamos. Estes são princípios elementares da semeadura e colheita

2 – A vida com Deus é um semear contínuo – Precisamos prestar atenção a semente e a semeadura – (Gl 6.6-8) – Um detalhe, nós estamos sempre semeando. Uma pergunta: Que tipo de semente você tem semeado diariamente? Se possível leia o texto novamente e com muita atenção. Temos semeado para a carne (para satisfazer a nossa vontade) ou temos semeado para Deus (para ter a vontade de Deus em nossas vidas)? Se temos semeado para Deus, qual a qualidade da semente, é a melhor ou é a sobra? Com certeza queremos a melhor colheita, se a nossa colheita não tem sido boa, Jesus é o único que pode “frustrar” uma colheita ruim, venha para Ele e mude a semente.

3 – Precisamos aprender a semear com abundância – (II Corintios 9.6-7; Romanos 12.2) – Não existe colheita abundante sem uma semeadura abundante. Não perca tempo e nem oportunidade para semear no Espírito. Semeie com serviço a Deus, semeie com o testemunho do que Ele tem feito na sua vida, semeie com obediência a Palavra de Deus, semeie em submissão (Gálatas 6.6), semeie em oração, semeie em contribuição financeira, semeie sob a direção de Deus.

Conclusão: O que nós queremos? Uma boa colheita? Então o que nós precisamos é conhecer e andar com Deus. Semear, não é opcional se você quer colher; é necessário. Mas o que vai determinar se o trabalho será pesado ou não é como você semeia. A alegria e a fé tornam a semeadura muito mais prazerosa, e a fé nos dá a certeza que colheremos. Você quer colher? Quer colher vida? Semeie para com Deus. Você quer? Levante a mão, vamos orar.

Os comentários estão encerrados.