ESTUDO 566 – SERMÃO N° 26 – 09.09.2019 | Tema: “Vivendo de Forma Abençoada” (Parte 1)
5 de setembro de 2019
ESTUDO 568 – SERMÃO N° 28 – 23.09.2019 | Tema: “Vivendo de Forma Abençoada – Parte 3”
19 de setembro de 2019
Exibir tudo

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

Texto Bíblico: Mateus 8.1-4

Quebra-gelo: Em sua opinião, qual foi a maior descoberta da humanidade? Qual a descoberta que mais te beneficiou? Por quê?

Introdução: Na semana passada apresentamos três desafios para que possamos viver de forma abençoada, vamos nos lembrar deles: “não dar ocasião à carne”, “fazer da Palavra nosso guia diário”, e “andar no Espírito Santo”. Queremos hoje continuar pensando nesse propósito de viver de forma abençoada. Todos nós temos muitas necessidades. Na verdade a nossa correria diária é um desejo de satisfazer essas necessidades, e não há nada de errado com isso, o errado é quando não discernimos a nossa real necessidade que é a presença do Senhor Jesus. O texto nos mostra a história de alguém que se apresenta para Jesus com fé e com uma necessidade que sendo suprida mudaria toda a sua trajetória e nos ensina algo importante para que possamos viver de forma abençoada, vejamos:

1). Deus deseja dar um basta em tudo que está errado em sua vida e você?  Preste atenção no diálogo do leproso com Jesus. (v. 2 Se quiserdes…) – O pecado nivela as pessoas por baixo (Rm 3.10-12; Rm 3.23).  Sem a manifestação da justiça de Cristo em nossa vida, somos escravos do erro. Sem Jesus acertamos a nossa vida de um lado e a pioramos do outro. A lepra na época de Jesus era uma doença que tornava a pessoa imunda, e o leproso se apresentou, prostrou-se e adorou; essa atitude foi suficiente para que Jesus iniciasse uma obra de “limpeza”. Jesus deu um “basta” no que tornava aquela pessoa suja. Tem algo na sua vida que precisa de um toque de Jesus para purificação?

2).- Deus deseja a cura das nossas feridas. (v.3 Jesus tocou-o dizendo: quero…). – A lepra além de torná-lo uma pessoa indigna, também o destruía em todos os aspectos levando-o ao isolamento completo. Jesus tocou o seu corpo e o curou. Feridas todos nós temos e todos precisamos de cura. Jesus pode e quer nos curar. O profeta Jeremias ao ver a situação do seu povo, discerne algumas coisas importantes e se coloca na condição de alguém que também necessitava de cura.  Je 17.14 Senhor, sara-me e sararei, salva-me e serei salvo.  O desejo de Deus é nos curar e nos usar para curar outros. O leproso se humilhou diante de Jesus.  Saiba que a sua ajuda virá sempre do Senhor, o instrumento poderá ser seu líder, pastor, médico, poderá ser quem Deus quiser usar para a sua cura.

3).– Deus deseja levá-lo a uma vida de obediência à sua Palavra e autoridade. (v.4 Disse-lhe Jesus: Olha, não o digas a ninguém, mas vai, mostra-te ao sacerdote e apresenta a oferta que Moisés determinou, para lhe servir de testemunho) – A cura precisava ser seguida da obediência.A desobediência é uma brecha terrível para a destruíção. Deus não negocia a sua palavra, ainda que tenha muita misericórdia de nós. O homem foi curado, mas não estava desobrigado da obediência a Palavra. Jesus cura, perdoa, liberta, faz o impossível, mas nos chama para a obediência a sua vontade. Ele seguiu as orientações.

Conclusão: Queremos viver de forma abençoada? Temos uma escolha para fazer. Se escolhermos o mesmo caminho que o leproso escolheu na sua luta, certamente seremos muito abençoados. Você quer? Levante a sua mão e vamos orar.

Os comentários estão encerrados.