SERMÃO N° 18 – 03.05.2021 | Tema: “Autoridade para Testemunhar”.
29 de abril de 2021
SERMÃO N° 20 – 17.05.2021 | Tema: “Autoridade para Viver os Propósitos de Deus”.
13 de maio de 2021
Exibir tudo

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

SERMÃO N° 19 – 10.05.2021 | Tema: “Promessas Que Nos Enchem de Autoridade”.

Texto Bíblico: Atos 1.1-14

Quebra-gelo: O que significa para você “obedecer”? Se possível compartilhe com o grupo em poucas palavras.

Introdução: Atos 1.5 e 8 trazem a nossa memória que o Senhor Jesus, antes mesmo da crucificação (João 16.7-14) nos liberou uma promessa que nos encheria de autoridade para vivermos e cumprirmos todos os propósitos de Deus para nós. No versículo 8 temos a afirmação de que receberíamos poder ao descer sobre o Espírito Santo e teríamos então poder para testemunhar em Jerusalém, Judéia, Samaria e até aos confins da terra.

A Palavra foi liberada (e recebereis…), o Espírito Santo foi enviado, e se os discípulos não tivessem buscado, não tivessem obedecido a direção que o Senhor deu a eles, será que teriam recebido alguma coisa? Vejamos algumas coisas importantes aqui:

  1. A promessa foi para todos – “…os que estavam reunidos…” – os versículos 4 e 6 falam de um grupo reunido e cheio de preocupações com os acontecimentos presentes, porém sem propósitos claros. O v. 15 afirma que o grupo girava em torno de umas 120 pessoas. Creio eu que desejavam fazer alguma coisa, quando Jesus os interrompe e os empurra para buscar o cumprimento da promessa de Deus.

A palavra é a mesma para nós ainda hoje. Queremos fazer alguma coisa diante de tudo o que nossos olhos enxergam, porém precisamos trazer a memória que o Espírito Santo já foi dado, precisamos então buscar a sua direção e a autoridade que recebemos por intermédio dEle para poder agir por Ele, por meio dEle e para Ele. (Romanos 11.33)

  • É preciso disposição imediata – v 12 e 13 Jesus subiu aos céus e eles imediatamente voltaram para Jerusalém como o Senhor havia orientado (v.4), um dia de caminhada, quando chegaram, subiram para o cenáculo (v.13) ali se encontraram com os demais irmãos e começaram a buscar a direção de Deus para aquele momento que estavam vivendo. Era um tempo de muitas incertezas, mas o Senhor sabia como conduzí-los e estaria disposto a trilhar o caminho com eles.
  • É preciso perseverar na direção do Senhor – O versículo 4 nos diz que houve uma determinação do Senhor para que não se ausentassem e que aguardassem a promessa do Pai.No versículo 14 nos fala que eles se reuniram e perseveravam unânimes em oração. O propósito da reunião foi buscar o cumprimento da promessa do Pai. Eles não sabiam por quanto tempo teriam que buscar, não tinham idéia de como a promessa seria cumprida, o que tinham de forma concreta era uma determinação do Senhor Jesus que eles decidiram acatar e obedecer.

Deus não mudou, o desejo dEle continua o mesmo, a sua Palavra continua a mesma, ela também não mudou. Creio que é tempo de nos levantarmos em rendição e perseverança diante das orientações do Senhor.

Conclusão: Sempre importante lembrar que estas foram as últimas palavras do Senhor Jesus antes de subir aos céus (v.9). As últimas palavras de Jesus são palavras de confronto e de ordem, não troquem as prioridades, busquem até que. No versículo 11 tem uma promessa dentro da promessa. Jesus voltará, preparem-se.

Os comentários estão encerrados.