Discipulado

Download Estudo 531.docx   Download Estudo 531.pdf

 

531 - O TEMOR E A REVERÊNCIA A DEUS PAI E SENHOR

18/11/2018 à 24/11/2018

Quebra gelo: Será que temos noção da grandeza, poder e amor de Deus?

Texto Bíblico: A intimidade do Senhor é para os que o temem, aos quais Ele dará a conhecer a Sua aliança. Salmo 25:14

Temor: Um profundo respeito por Deus, é querer agradá-Lo. Mas não é só isso, o santo temor dá a Deus o lugar de glória, honra, reverência, ações de graça, louvor e destaque que Ele merece.

Reverência: Veneração pelo que se considera sagrado, respeito profundo, consideração.

INTRODUÇÃO: Quem em todo universo pode se comparar ao Senhor? Deus é o criador de todas as coisas. Ele é o Deus Santo, perfeito e Todo Poderoso. E é para ser reverenciado por todos. Mas a igreja, que somos nós, está cercada por uma cultura centrada no homem. Muitas vezes quando as pessoas dizem: Deus é meu amigo. Ele entende o meu coração. É verdade que Deus entende o nosso coração, ainda mais completamente do que nós mesmos. Mas em geral, esse comentário é feito para justificar a desobediência e a desonra a Deus. Nas escrituras, o único povo a quem Deus chama amigo, são aqueles que tremem diante da Sua palavra e da Sua presença. Deus é o nosso Senhor. Também muitos reconhecem Jesus como salvador, curador e libertador, mas Jesus nunca foi o Senhor das suas vidas. Elas amam Jesus, mas não tem o temor. Com seus lábios reconhecem o seu senhorio, mas não se submetem a autoridade de Jesus Cristo e

DESENVOLVIMENTO:

1 - GRANDEZA DE DEUS – Os céus declaram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra de suas mãos. (Salmo 19:1). Se fizermos uma reflexão sobre a imensa extensão do universo, teremos um vislumbre da ilimitada glória e grandeza de Deus. A bíblia declara que Deus pode medir o universo com palmos. (Isaías 40:12). Este Deus tremendo e poderoso, vem até um pequeno planeta que não passa de um pontinho chamado terra e transforma o que parece ser um pequeno e insignificante pontinho de poeira no corpo de um homem e se volta totalmente para este ser chamado homem, derramando todo seu amor e cuidado sobre este homem. Quanto maior for a nossa compreensão da grandeza de Deus, maior será a nossa reverência e temor a Ele.

2 – DEUS É NOSSO PAI E SENHOR – Através de Jesus, pelo novo nascimento nos tornamos filhos de Deus, mas isso não invalida a Sua posição como Juiz de toda a carne. O Senhor julgará a toda a carne (Hb 10:30). Imagine um rei terreno com esposa, filhos e filhas. No palácio, ele é marido e pai. Mas na sala do trono, ele é rei e deve ser reverenciado como tal até pela sua esposa e filhos. Há momentos em que podemos desfrutar da intimidade do Pai no seus braços, conversar, mas há outros em que devemos honrar, reverenciar e adorar ao nosso Deus, que é Rei e o Senhor de toda a terra.

3 – FILHOS EGOÍSTAS – Precisamos cuidar para não nos tornarmos filhos egoístas e pensarmos que o desejo de Deus é nos dar o que queremos na hora que queremos, isso estimula uma obediência de vida curta e vazia, com desrespeito a autoridade de Deus, e de ficarmos facilmente ofendidos quando não formos atendidos em nossas necessidades. É fácil ter uma atitude de irreverência quando vamos ao Senhor pelo que Ele pode fazer por nós ou nos dar. É um relacionamento baseado em bênçãos e acontecimentos. E se não é do nosso jeito, ficamos decepcionados e, como filhos mimados, o nosso respeito se vai. Quando o Senhor é reverenciado, a Sua presença se manifesta, e onde a Sua presença se manifesta, as necessidades são atendidas. “Temei o Senhor, vós os seus santos, pois nada falta aos que o temem”. Salmo 34:9

4 – REVERÊNCIA A DEUS – Nosso Deus é santo, poderoso e digno de todo louvor, toda glória e reverência. Você acha que o Rei dos reis e Senhor dos senhores virá se manifestar em um lugar onde não lhe é dada a devida honra? O Senhor perguntou ao seu povo: “vocês me chama Senhor, mas onde está a minha honra e reverência?” Ele não era respeitado e não recebia o melhor, enquanto o povo retinha o melhor para si. (Malaquias 1:6-8). Hoje essa falta de reverência está nas nossas atitudes quando estamos na igreja, no tempo de louvor e adoração e ministração da palavra de Deus, que não damos a honra devida quando o Senhor está falando ou no nosso dia a dia, quando o Senhor não é o primeiro em nossas vidas.

CONCLUSÃO: Como tem sido o seu relacionamento com Deus? Ele tem sido o seu Senhor? Você tem dado a Ele honra, glória e reverência? Vamos orar.

Fonte: Livro O temor do Senhor, do autor John Bevere

Por: Claudete Martins Valério

Download Estudo 530.docx   Download Estudo 530.pdf

 

530-A TEMPESTADE

10/11/2018 à 17/11/2018

Quebra-gelo: Você já passou por uma “tempestade” em sua vida?

Texto: Marcos 4:35-41

Introdução: Nas últimas semanas vivemos aqui na nossa cidade dias com “tempestades”. Nesses dias Maringá ficou suja (folhas, galhos, papel...), muitos lugares sem luz, várias arvores caídas, vento forte. Em alguns dias percebíamos a tempestade se formando, e em outros dias do nada elas aconteciam. Teve dias que foi tão forte que dava até medo de sair na rua. Nas nossas vidas é assim também, de tempos em tempos surgem tempestades que as vezes nos assustam, ou geram uma bagunça, mas o mais importante em dias de tempestade é lembrar que Jesus está no barco. E aprendemos com Jesus que...

Desenvolvimento:

1-Que... Ele sempre nos ensina: No texto diz “naquele dia, sendo já tarde”. No final do dia, sendo já tarde, geralmente estamos cansados, queremos ficar quietinhos e descansar um pouco. Jesus depois de um dia todo vivido, estava disposto a orientar e ensinar os discípulos. Jesus está sempre disposto a nos orientar, a nos ensinar, não importa a hora do dia.

2-Que... Ele está vivendo a nossa vida: Jesus e os discípulos estavam em movimento, estavam indo ao outro lado do lago, estavam vivendo um dia normal da vida, e a tempestade veio. Na nossa vida não é diferente. Estamos vivendo a vida, um dia normal e a tempestade vem, uma notícias chega, uma situação acontece. Quando a tempestade aconteceu o fato de Jesus estar no barco não acalmou os discípulos, eles ficaram desesperados para acordar Jesus. Muitas vezes na nossa vida na nossa vida nos vemos agindo da mesma forma que os discípulos ficamos desesperados. O problema não é ficar desesperados, ou com medo o problema é não “acordar”, ou seja ir até Jesus.

3-Que... A tempestade vem mesmo na obediência: Jesus chega aos discípulos e diz “passemos para a outra Marge” e eles obedecem. Logo depois passam pela tempestade. Mesmo estando na obediência, vivendo a vontade de Deus podemos sim passar por circunstâncias difíceis, tempestades, momentos de dificuldades. Independente do que passariam pelo “caminho” eles chegariam a outra margem, ao outro lado, exatamente porque estavam em obediência. A obediência não nos isenta de tribulações, mas nos assegura de que Jesus está conosco e que é ele quem conduz o barco e nos faz chegar ao lugar que Ele preparou.

4-Que... Precisamos manter o foco: Jesus dá uma direção e os discípulos, junto com Ele, vão para o barco para irem a outra margem. Mas de repente, no meio do caminho, no meio da obediência, indo com o Mestre aparece um grande temporal de vento. Esse “vento”, tira o foco, o raciocínio, leva todos a olhar para o vento, que muda a direção, faz águas violentas quererem afundá-los. O alvo: chegar a outra margem, já não é mais a meta, mas a preservação da própria vida passa ser o essencial. O vento na nossa vida vem como distração, como um espírito de intimidação, como uma isca de Satanás para nos tirar ou mudar o foco e nos impedir de prosseguir. O vento nos faz gastar toda nossa energia, força e o medo trás a desesperança. Nosso foco é Jesus e não o vento. Jesus é imutável e tranqüilo. Quando clamamos no nosso desespero por Jesus, Ele vem nos socorrer. Jesus repreende a tempestade, direciona o foco dos discípulos. Somente Jesus pode acalmar as tempestades da vida, acalmar o nosso coração.

5-Que...É necessário fé: Os discípulos acordaram Jesus porque tinham fé, confiavam que Jesus poderia fazer alguma coisa – livrá-los da tempestade. Em meio as tempestades precisamos ter fé e confiar no agir de Deus. Mas Jesus também confronta os discípulos falando que eles tinham “pouca fé”. Muitas vezes é mais fácil orar e colocar nas mãos de Deus do que exercer a autoridade que Deus nos dá para repreender o mal. É necessário reconhecer quando a nossa fé é tímida. Através da Fé na Palavra de Deus que é viva, podemos acalmar as “tempestades” da vida. E isso depende de cada um de nós, do nosso posicionamento de Fé e perseverança.

Conclusão: Você está passando por alguma “tempestade”, por alguma situação que está te dando medo, ou te deixando preocupado? Vamos ser discípulos/as, sendo aqueles que aprende com Jesus a passar a tempestade, porque ela vai passar. Então vamos orar!

Por: Blenda, Dani Ortega, Debora, Elis, Fátima, Lídia, Maria Alice, Marlete, Mayara, Priscila e Taninha (GD mulheres)

Download Estudo 528.docx   Download Estudo 528.pdf

 

528-Impregnados da presença de Deus

28/10/2018 à 03/11/2018

 

Quebra-gelo: Você já entrou em algum lugar e saiu impregnado com o cheiro do ambiente?

Texto Bíblico: Êxodo 34.27-29

Introdução

Porque o rosto de Moisés resplandecia?  No capítulo 33 versículo 18 Moisés faz um pedido a Deus. Ele pede: Mostra-me a tua Glória. E Deus responde para ele que nenhum homem pode ver seu rosto e viver, que Moisés apenas o veria pelas costas. A Bíblia ainda diz, que Moisés passou então quarenta dias na presença de Deus em Jejum total. Ele estava totalmente mergulhado na presença de Deus.  Nesse tempo Moisés escutava Deus, Moisés sentia Deus, Moisés não queria saber de outra coisa a não ser de Deus. Então o que aconteceu? Moisés ficou impregnado de Deus! Moisés foi tão contagiado pela Glória de Deus que ele tanto queria ver, que ele  chegou a refletia-la. As pessoas olhavam para ele e viam a glória de Deus. As pessoas olhavam para Moisés e viam um homem que tinha estado verdadeiramente com Deus e a presença do Senhor o acompanhava.

Se as pessoas olharem para a sua vida, poderão dizer que você está impregnado de Deus?

Você sabe o que significa a palavra Entusiasmo?  Vem do Grego EnTheos (em Deus). Uma pessoa que está cheia de Deus. Era isso que os grandes homem de Deus, que vivenciaram poderosos avivamentos eram. Eram: “entusiasmados” no sentido literal da palavra. Nossa geração não conhece o que é um grande avivamento. Um avivamento acontece quando pessoas, igrejas, cidades, nações... ficam entusiasmadas, impregnadas da presença e da glória de Deus. E como isso acontece?  Há algumas coisas que não podem faltar. O v. 28 começa dizendo sobre Moisés: E, ali, esteve com o SENHOR

  1. Estar na presença de Deus

O que é que nos impede de desfrutar da presença de Deus? Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça.

  • Um das evidencias de um verdadeiro avivamento é quando se vive a verdadeira santidade. É quando nosso caráter, nosso coração, está impregnado de Deus a ponto da nossa vida ser um reflexo da Glória de Deus. “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus.” (Cor.10.31) “Sede santos, porque eu sou santo” (
  • A gente olha para nossa vida e começa pensar o quão longe estamos disso. Mas humildade para reconhecer quando erra e arrependimento são frutos de santidade de coração.
  1. Buscar Consagração

V.28 Esteve com o SENHOR quarenta dias e quarenta noites; não comeu pão, nem bebeu água

  • Para que sua vida esteja cheia de Deus, impregnada da Glória de Deus. É preciso gastar tempo com Deus. O estar com Deus exige santidade. O Estar com Deus gera Adoração. Mas é preciso permanecer com Deus. Moisés esteve várias vezes com Deus. Mas dessa vez foi diferente. Ele desceu refletindo a Glória de Deus de tão intenso que foi esse período.
  • Vemos aqui que Moisés estava em Jejum, isso mostra como ele encarava esse momento com seriedade É necessário: Adoração Não existe avivamento sem verdadeira adoração.  Aquela eu vem do interior:João 4.23
  • Em momento de intensa adoração é que acontecem poderosos derramamentos do Espírito Santo. Precisamos resgatar com urgência a essência da verdadeira adoração em nossas vidas.
  1. Amor à Palavra de Deus
  2. 29 Quando desceu Moisés do monte Sinai, tendo nas mãos as duas tábuas do Testemunho, sim, quando desceu do monte, não sabia Moisés que a pele do seu rosto resplandecia, depois de haver Deus falado com ele.
  • Moisés passou quarenta dias ouvindo Deus. E nós hoje? Queremos receber a palavra de Deus em nossa vida? Deus sempre tem algo a nos dizes por meio da sua palavra. Que lugar a Bíblia tem ocupado na sua vida?
  • Que Lugar a Bíblia deve ocupar na Igreja? Muitos crentes não prestam atenção nos sermões, ou só retém o que lhes agrada os ouvidos.  Um dos sinais da frieza espiritual é o descaso para com a Palavra de Deus.
  • Os grandes avivamentos foram marcados por uma busca pela palavra de Deus. Quando pregadores cheios de Deus proclamam a Palavra de Deus com poder multidões vem ouvir. Quem deseja resplandecer a Glória de Deus na sua vida tem que encher a vida com sua Palavra.

Conclusão

Avivamento só acontece quando a presença de Deus é buscada e experimentada com. Temos um avivamento quando nosso cristianismo deixa de ser uma religião nominal e se transforma em verdadeiro entusiasmo (estar em Deus). Quando há um fogo santo ardendo em nossas vidas e igrejas. Quando passamos tempo suficiente com o Senhor a ponto de sua presença, sua glória nos impregnar. Quando quem olhar para nós diga: Deus está na vida dessa pessoa. Até quando vamos nos conformar e viver um cristianismo de pouco poder? Oremos sobre isso.

 

Pr. Francisco Belvedere Neto

Download Estudo 527.docx   Download Estudo 527.pdf

 

527-JESUS RESTAURA NOSSA DIGNIDADE

21/10/2018 à 27/10/2018

 

Quebra Gelo:  O que vem à sua mente quando pensa em dignidade?

DIGNIDADE: Respeito, honra, que tem valor, ser digno.

Texto bíblico: Gênesis 1:27, Lucas 13:10-16

Introdução:  A dignidade, o valor da humanidade já é demonstrado na criação.  Adão e Eva foram criados à imagem e semelhança de Deus (Gênesis 1:26, 27).  Mas a humanidade, ao cair no pecado, se perdeu e passou a ter uma natureza corrompida e uma imagem distorcida de Deus. O homem foi separada de Deus. Essa separação deixou a humanidade vulnerável ao sofrimento causado pelo maligno. Mas Jesus através do seu sacrifício na cruz, restaurou nossa relação com Deus.

Jesus quando esteve aqui, por onde passava fazia questão de dar valor aos ninguém, aos excluídos, aos pobres, aos doente se restaurar a dignidade daqueles que aos olhos das pessoas não tinham valor.

Vamos meditar no texto de Lucas 13:10-16

Jesus estava ensinando numa sinagoga, no sábado. Sinagoga era lugar onde os judeus estudavam a palavra de Deus e faziam oração.  O homens entravam pela porta principal e as mulheres por uma porta separada, e se sentavam numa galeria ao fundo.

Essa mulher encurvada estava enferma fazia 18 anos, a bíblia não fala se era de nascimento, ou se foi depois que ela ficou encurvada.Não se sabe o nome dessa mulher, que além de ser mulher (as mulheres eram tratadas como inferiores), tinha um defeito físico, ela era encurvada e talvez nem pudesse levantar a cabeça, provavelmente era insignificante aos olhos das pessoas da sua região, pois nem o nome dela foi citado. Mas mesmo assim ela foi na sinagoga para ouvir da palavra de Deus.

O texto fala que ela tinha um espírito de enfermidade. A raiz do problema dela não era físico, mas era espiritual. O mundo espiritual é real. Os demônios sabem as nossas fraquezas, pecados, ele vai usar e agir em cima das nossas fraquezas, maldições, feridas de corpo e de alma.

Vendo-a Jesus:  Ele viu aquela mulher (maravilhoso saber que Jesus nos olha). Jesus viu e sentiu compaixão pela dor daquela mulher. Ele chamou ela para se aproximar de si.   Então Ele fez ela ultrapassar as barreiras religiosas e sociais da época. Ela se aproximou e Jesus liberou palavra de autoridade e poder sobre a vida daquela mulher. Ele disse: Mulher você está livre da tua enfermidade. E Jesus também colocou a mão sobre ela e ficou curada.

E depois da cura os religiosos se levantaram contra Jesus porque a cura foi num sábado. (Respondeu-lhe, porém, o Senhor, e disse: Hipócrita, no sábado não desprende da manjedoura cada um de vós o seu boi, ou jumento, e não o leva a beber? E não convinha soltar desta prisão, no dia de sábado, esta filha de Abraão, a qual há dezoito anos Satanás tinha presa?)

Jesus resgata e restaura a identidade dessa mulher. Ela era filha de Abrão, ela era filha de Deus. Mesmo sendo filha estava presa por um espírito de enfermidade. Jesus faz ela lembrar quem ela era, liberta essa mulher do espírito de enfermidade e restaura sua dignidade.

JESUS TAMBÉM QUER RESTAURAR NOSSA DIGNIDADE E VALOR

1 -  VOCÊ TEM VALOR – O mundo valoriza o exterior, a aparência, a beleza, cargos, dinheiro, inteligência, juventude, mas para Deus o que tem valor é a essência, o interior, um coração rendido a Ele. Você foi comprado pelo sangue de Jesus e seu valor está acima de tudo isso. Os relacionamentos utilitários e por interesse, gera desvalorização, decepção e dor. Saiba que Deus te valoriza pelo que você é NELE e não pelo que você faz. Não se importe com o que os outros pensam, se importe com o que Deus pensa. Importa agradar a Deus.

2 - O DIABO VAI FAZER DE TUDO PARA QUE FIQUE DE CABEÇA BAIXA - O diabo vai fazer de tudo para te prender, destruir e para que você baixe a cabeça e esqueça quem você é. Aquela mulher era filha de Deus e estava presa por um espírito de enfermidade (doença de origem espiritual).Você é filho(a) de Deus.  Jesus deu a vida por você. Tome posse da palavra, das promessas, lute em oração, não fique intimidado(a), Jesus já te deu a vitória na cruz.

3 –CIRCUNSTÂNCIAS PODE NOS FAZER BAIXAR A CABEÇA – Situações, problemas, enfermidade, relacionamentos mal resolvidos pode muitas vezes nos levar a olhar para baixo. Jesus está vendo sua dor.  Ele pode mudar essa situação, e se não mudar, Ele vai passar junto com você.

4 – LEVANTA A SUA CABEÇA – A posição de cabeça baixa dá uma visão limitada, só vejo o que está no chão, o que me deixa mais para baixo ainda. Essa posição alimenta a depressão, o complexo. Na nossa caminhada por vezes ficamos cansados e temos a tendência de olhar somente para aquilo que nos desanima.Levanta a sua cabeça, olha para Deus. Ele é maior e está acima de tudo.

CONCLUSÃO:Fomos criados a imagem e semelhança de Deus. Fomos adotados como filhos, através de Jesus, e escolhidos para sermos representantes de Deus aqui na terra. Que privilégio Ele nos concedeu. Por isso levanta sua cabeça, você é importante e tem valor para Deus.

VAMOS ORAR–Primeiro agradeça tudo que Jesus já fez por você. E depois se tem alguma coisa situação, enfermidade que faz com que você não tenha uma vida digna, Jesus pode restaurar. (Restaurar significa reaver o que perdemos, ou algo que foi desgastado).  Ele vê sua dor, luta, vergonha e quer restaurar sua dignidade.

Por: Claudete Martins Valério

 

Maringá, 05 de Janeiro de 2017

Olá Discipuladores abençoados...

Para que possamos caminhar com oração, jejum, organização e impossíveis de Deus nesse novo ano, quero pedir para você anotar na sua agenda essas datas e orientações. Por favor guarde com temor e amor esse comunicado. E já esteja colocando todas essas datas tão importantes nas mãos de Deus, para que possamos em tudo estar no centro da vontade do Senhor.

-23 de Janeiro: Os GEs voltam a se reunir

-04 de Fevereiro: Relógio de Oração

-04 de Fevereiro: Encontro de Discipuladores às 20h no templo. Alguns discipuladores e discipuladoras faltaram bastante no nosso encontro, lembre-se que quando você aceitou o chamado de Deus para sua vida, você aceitou TUDO o que envolve esse chamado (muita oração e jejum, encontros, GEs, GDs, leitura de livros para capacitação etc). Deus é fiel e essa característica Dele precisa estar cada vez mais impressa em nossas vidas. E como eu disse “alguns”... Louvo e admiro a fidelidade da maioria e sempre falo isso pessoal, falo nos nossos Encontros e GDs. Para que o IMPOSSÍVEL de Deus aconteça, para que alcancemos as PROMESSAS do Senhor precisamos ser fiel no que nos é possível! Amém?

-05 de Fevereiro: As Classes de Discipuladores e classes de Discipuladores Kids voltam a ter aula

-06 de Fevereiro: Nessa semana os GDs voltam a se reunirem

-23 à 25 de Março: Reencontro (para quem já terminou a Classe de Discipuladores, ou pelo menos terminou o módulo Caráter Cristão)

-02 à 04 de Junho: Encontro com Deus

-30 de Junho à 02 de Julho: Congresso de Discipulado (somente para Discipuladores)

-04 à 06 de Agosto: Encontro de Nível 1 (somente para Discipualdores, lembrando que para participar desse encontro precisa ter feito o Reencotro)

-15 à 17 de Setembro: Encontro com Deus Kids

-10 à 12 de Novembro: Encontro com Deus

Obs: Discipuladores e Discipuladoras atualizem seus cadastros na secretaria da igreja (endereço, telefone, celular, email, dia de reunião de GE e GD). Lembrando que a Edna está na secretaria somente no período da tarde nesse mês de janeiro.

Com muito amor por cada um de vocês...

Pra. Debora

Obs: Dos dias 18/12/2016 à 21/12/2016, vamos der um intervalo para as reuniões semanais de GE. Lembrando sempre que discipulado, não é reunião semanal mas sim relacionamento.

Download Aviso - Imprimir.docx

Download Aviso - Imprimir.pdf

01/11/2015

DISCIPULADO – ORAÇÃO, AMOR E CUIDADO

Temos claro o chamado. Sabemos o que Deus quer para nós. Então precisamos todos os dias cuidar da nossa CONSAGRAÇÃO, porque isso é oração, amor e cuidado.

1-Vencer o pecado (Tiago 4.17): Se você foi chamada para livrar o mundo das mãos de Satanás, não se envolva com as coisas criadas por Satanás. Gostamos de usar a graça para perdoar pecados. Mas a graça existe para nos ajudar a vencer o pecado. Todo mundo vai... Mas você não é todo mundo. Você não é do mundo. Você é LUZ do mundo e SAL da terra.

2-Não encobrir o pecado (Juízes 14:9): Sansão cobriu o seu pecado, ele esconde a origem do mel. Prestação de contas é fundamental. Leva a graça de Deus a sério se afastando do pecado! Leve a graça de Deus a sério não encobrindo o pecado! Leve a graça a sério não se envolvendo com coisas erradas!

3-Cuidado com as brincadeiras (Juízes 14:12-14; 16:7; 16:11; 16:13): Sansão estava fazendo piadinhas com o pecado dele. Não leve as coisas de Deus na brincadeira. Não se brinca com aquilo é espiritual com aquilo que é sagrado. Valorize a graça.

Com amor que vem do coração de Deus para o meu coração por você...

Pra. Debora

“Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação dos séculos.”

 (Mateus 28.18-20)

  • Estas palavras foram dirigidas aos discípulos por Jesus pouco antes que Ele fosse elevado aos Céus e se assentasse à destra do Pai.

  • A Bíblia afirma que, além dos apóstolos, mais de 500 pessoas viram Jesus depois de ressurreto e que o Espírito do Senhor foi concedido a todos os que creram.

  • Portanto, este chamado não se dirigiu especificamente a um ou a outro discípulo, mas a toda a Igreja de Cristo.

“Entrementes, os que foram dispersos iam por toda parte pregando a Palavra.”

(Atos 8:4)

  • Nós somos a Igreja do Senhor hoje, embaixadores de Cristo nesta terra, e, portanto, temos parte nesta missão.

Diante desta realidade, nossa responsabilidade neste chamado nos leva a olharmos com mais atenção para o evangelismo em nossa Igreja e a considerarmos sobre nossa caminhada como discípulos do Senhor........PARA CONHECER MAIS SOBRE A MISSÃO DA IGREJA DE CRISTO CLIQUE NAS FOTOS ABAIXO.