Discipulado

Download Estudo 556.docx

Download Estudo 556.pdf

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

SERMÃO N° 16 – 01.07.2019 | Tema: “A Prática que Produz Vida”

Texto Biblico: Tiago 1.19-25; Mateus 7.15-27

Quebra-gelo: Luz e trevas podem habitar juntas? Como você entende isso?

Introdução: Há um ditado que diz: “se você quer manter a sua cidade limpa, começe varrendo a frente de sua própria casa”. Creio que esse é o grande desafio de Deus para cada um de nós, “varrer a frente de nossa própria casa”, ou seja, precisamos ser praticantes da Palavra liberada pelo Senhor. Com certeza temos sonhos preciosos diante de Deus, queremos ver os propósitos de Deus se cumprindo em nossas vidas, em nossas casas e trabalho, queremos ter uma vida frutifera e abençoada, porém precisamos compreender que tudo começa com o desafio de “varrer a frente de nossa própria casa”. Vejamos alguns desafios de Deus:

1). Reconhecer que precisamos “varrer a frente de nossa própria casa” – (Tiago 1.19-21) – Olhando para essa palavra de Tiago, vejo o Senhor fazendo uma pergunta muito simples: Como está o seu coração? O que você tem depositado nesse coração? As pessoas que se aproximam de você te ajudam a limpar a frente da sua casa ou trazem mais sujeiras ainda? Veja que Tiago está falando de sentimentos, está falando de reações diante das batalhas e nos orientando a varrer a casa (despojando-vos). Tem algo que precisa ser varrido de sua casa?

2). Acolher com mansidão a Palavra em vós implantada – (Tiago 1.21 e Mateus 7.21-23) – O apóstolo Paulo em Gálatas 5.17 afirma que existe uma “luta” natural dentro de cada um de nós entre a nossa vontade e a vontade de Deus, é a nossa “carne” gritando para que não façamos o que Deus deseja. A Palavra de Deus é poderosa para salvar a sua alma, diz Tiago, então quebre toda resistência e se renda ao Senhor e a sua vontade. Jesus afirma que não basta dizer “Senhor”, “Senhor”, não basta realizar muitas coisas para Deus, é preciso fazer a sua vontade. É preciso acolher a Palavra que é poderosa para salvar e restaurar a vida de Deus em nós. Tem alguma resistência que precisa ser quebrada na sua vida? Consegue identificar?

3). A prática da palavra de Deus sempre produzirá vida – (Tiago 1.22-25 e Mateus 7.24) – Somos uma geração de ouvintes, ouvimos, ouvimos e ouvimos muitas coisas. Ouvimos coisas que são boas, ouvimos coisas que não são tão boas assim e ouvimos coisas que são altamente nocivas. Muitas vezes encontramos pessoas com muito conhecimento da Palavra, mas que não se deixou guiar por ela e quando você olha os frutos você vai descobrir que os frutos não são os que glorificam a Deus. Tiago diz: Não se deixe enganar, torne-se um praticante da lei perfeita é ela que te fará um(a) bem aventurado(a). Deseja ser um(a) bem aventurado(a)?

4). Precisamos de Jesus para viver o projeto que é dEle – (Apocalipse 3.20) – Eis que estou a porta e bato, se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, Eu entrarei, diz o Senhor, farei morada com você e você comigo e cearei em sua casa. Precisamos urgentemente voltar ao Pai. A mudança vem quando a nossa intimidade é restaurada, lembra-se de Zaqueu (Lucas 19) Jesus estava passando pelas ruas, Zaqueu se esforçou subiu na árvore, ele queria ver, mas preste atenção, a cura, a transformação veio, quando Jesus entrou na sua casa (Lucas 19.8). Precisamos de Jesus.

  Conclusão: Amado(a), venha para Jesus agora. Entregue sua vida por completo ao Senhor e deixe Ele te encher. Se posicione e vamos orar.

Pré Encontro.docx

Download Pré Encontro.pdf

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

PRÉ ENCONTRO EXPECTATIVA DE VIVER O NOVO DE DEUS

Oração: Iniciar o GE orando pelo cartão de oração que cada participante do GE recebeu e que contém as pessoas/alvos a serem alcançados. Já estamos a um mês orando pelo nosso cartão de oração. Precisamos orar e começar a fazer contado com essas pessoas para convida-las a participar com a gente no nosso GE. E também orar pelo nosso Encontro com Deus.

Quebra-gelo: Você já teve uma grande expectativa sobre algo? Como foi?

Versículo base: Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas! 2 Corintios 5:17

Introdução: Vivemos num tempo onde a desesperança e as incertezas deste mundo tentam dominar nossos corações e muitas vezes é difícil ter expectativas de que é possível viver algo novo, melhor. A palavra expectativa é a condição de quem “espera pelo acontecimento de alguma coisa”. Precisamos aprender a ter expectativas, acreditar e esperar que podemos sim viver coisas novas.

DESENVOLVIMENTO: A Biblia nos ensina que não devemos colocar a nossa expectativa em pessoas ou em circunstancias, mas sim colocarmos nossas expectativas em Deus. Todos nós somos falhos, “Quantas vezes você já se frustrou com você mesmo sobre algo?” Apesar disso, deus tem uma grande expectativa sobre sua vida, ele acredita em você, por isso:

ACREDITE QUE DEUS PODE TE SALVAR: Romanos 3:23 nos diz que todos nós somos pecadores (fazemos coisas que desagradam a Deus) e Romanos 6:23 diz que por isso, eu e você merecíamos a condenação, a morte eterna. Mas lá em João 3:16 a bíblia fala que o amor de Deus é tão grande por nós, que Ele enviou Jesus para morrer, levar sobre Ele os nossos pecados e que todos que se arrendem dos seus pecados e creem nesse sacrifício, recebem de presente a salvação (vida eterna).

ACREDITE QUE ELE PODE TE TRANSFORMAR: Muitas vezes olhamos para nós mesmos e não enxergamos como mudar, como deixar as coisas antigas. Nesse momento tenha fé, acredite! A transformação não é algo que podemos fazer por nós mesmos, sozinhos, mas somente Deus pode gerar em nós.

ACREDITE NA PALAVRA DELE: Para viver uma nova vida com Jesus, é preciso ter um referencial, uma direção. O Salmo 119:105 diz que a palavra é luz para os nossos caminhos. Renove sua mente, seu jeito de pensar e aprender e aprenda a viver de acordo com a palavra e aquilo que ela te ensina. Fazer isso é experimentar o novo: a boa, perfeita e agradável vontade de Deus todos os dias (Romanos 12:2)

ACREDITE QUE ELE É CONTIGO: Nós temos a promessa de que mesmo que a caminhada fique difícil, Deus é conosco e jamais nos deixará só: “Ele nunca te deixará nem te abandonará” (Deuteronômio 31:8). Acredite mesmo que as circunstancias digam que não, Deus é fiel para cumprir todas as suas promessas e Ele vai colocar na sua vida pessoas.

 Conclusão: Nesses dias de Encontro, coloque suas expectativas em Deus! Acredite que Deus tem algo novo pra você, uma vida nova. Abra seu coração. Quanto mais você permitir, mais Deus vai fazer e vai ser TREMENDO! Se você ainda não teve a oportunidade de entregar sua vida para Jesus, faça isso agora! (Oração para aceitar jesus) Sugestão de música de apelo: Acredito – Gabriel Guedes

Download Estudo 555.docx

Download Estudo 555.pdf

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

SERMÃO N° 14 – 23.06.2019 | Tema: “Jesus é a Fonte da Vida”

Texto Biblico: Tiago 5.12-20

Quebra-gelo: Qual o resultado de se “beber” numa fonte errada?

Introdução: Como falamos na semana passada, a carta de Tiago é um código que conduta cristã que nos auxilia a caminhar na dependência de Deus. Tiago termina a sua carta trazendo a nossa memória que precisamos permanecer na presença do Senhor sempre, pois é dEle que vêm todas as coisas necessárias para que possamos ter uma vida que seja do agrado de Deus e consequentemente possamos viver nos propósitos de Deus. Vejamos o que Deus nos desafia através da vida de Tiago nessa pequena porção da Bíblia:

1). Uma palavra errada pode produzir grande prejuízo – (v. 12) – Você já liberou uma palavra errada e na hora errada? Qual o resultado que ela produziu? Quando Deus está trazendo essa orientação para que o nosso “sim” seja “sim” e o nosso “não” seja “não” Ele está apenas nos desafiando a buscar a direção que vem do coração de Deus para que as nossas próprias palavras não venham a nos condenar. Não confie nas suas razões, busque a direção de Deus. Em Provérbios 15.1-4 somos lembrados pelo Senhor o poder que uma palavra tem. Provérbios 18.21 nos lembram de que a morte e a vida estão no poder da língua.

2). Nossas limitações não são problemas para o agir de Deus – (Tg 5.17-18) – Tiago utiliza-se do tentemunho de um profeta (Elias) importante e poderosamente usado pelo Senhor para estabelecer seus propósitos no meio do povo, e nos lembra que ele era sememlhante a cada um de nós, sujeito aos mesmos sentimentos, mas que aprendeu a caminhar na dependência de Deus. Nossos limites, nossos sentimentos sempre vão aparecer gritando para não avançarmos, mas o Senhor sempre nos lembrará que o poder para vencer não vem de nós, vem dEle. Não importam suas limitações, medos e temores, consagre-se diante de Deus e o resto Ele mesmo fará.

3). Jesus é a fonte de todas as coisas – (Tg 5.13-16) – Está em sofrimento? Qual é a direção de Deus? Está contente? Qual é a fonte desse contentamento? Está enfermo? Qual é a direção de Deus para vencermos essa batalha? Jesus é a fonte de toda a nossa provisão, seja ela qual for. Salmo 103.1-5 nos lembra dessa verdade, “é Ele”, diz o salmista. Em I Crônicas 29.11-12 Davi honrou ao Senhor quando descobriu essa verdade.

4). Precisamos ajudar as pessoas a voltarem para Deus – (Tg 5.19-20) – Precisamos ajudar as pessoas a voltarem para o Senhor. Rm 5.8 afirma que o Senhor provou que nos ama, pelo fato de Cristo ter morrido por nós sendo nós ainda pecadores. Cada um andava nas suas “razões”, seguindo as “inclinações da carne e fazendo a vontade da carne e dos pensametos” e sem perceber estavam em “rota de colisão” (Ef 2.3). Assim tem caminhado a humanidade, em “rota de colisão”. Tiago afirma que se conseguirmos ajudar alguém a voltar o coração para Deus, essa vida será salva e muitas ações destruidoras serão anuladas.

  Conclusão: Amados(as), Jesus escancarou as portas do coração de Deus para nós e o desejo dEle é que possamos viver uma vida segundo o coração dEle e para a glória dEle. Você quer isso? Então levante uma de suas mãos e vamos orar

Download Estudo 554.docx

Download Estudo 554.pdf

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

SERMÃO N° 13 – 16.06.2019 | Tema: “A Ignorância que Gera Morte”

Texto Biblico: Tiago 4.13-17; Tiago 5.7-11 e Gálatas 5.22-26

Quebra-gelo: Normalmente suas decisões são apoiadas no seu coração ou em Deus?

Introdução: A carta de Tiago é um código de conduta cristã que nos auxilia a caminhar na dependência de Deus. Tiago procura demonstrar de forma bem simples as inclinações do nosso coração e o resultado quando fazemos dos nossos corações a fonte das nossas decições. Ele expõe os nossos sentimentos e nos mostra o poder que os nossos sentimentos tem de nos levar ao erro, trazendo prejuízos para todas as coisas e ao mesmo tempo nos mostra os benefícios de se caminhar na direção de Deus. A ignorância não nos livra das consequencias. Nessas pequenas porções da Bíblia aprendemos algumas coisas importantes, vejamos:

1). O coração faz muitos planos – (v. 13) – “Ei você que diz: hoje ou amanhã..., preste atenção”. Precisamos ter essa clareza, o nosso coração faz planos o tempo inteiro e normalmente não paramos para refletir nas consequências dos planos que o nosso coração desenvolve. Na primeira luta que aparece, no primeiro conflito que surge, na primeira possibilidade, o coração busca o seu lugar ao sol. Não é assim que acontece? Você já ouviu falar um ditado: “um segundo de bobeira”, quando é que se diz isso?

2). Precisamos de Deus e do Fruto do Espírito Santo em nós – (Tg 4.15, 5.7-11) – A maioria dos planos e das preocupações que ocupam os nossos corações jamais virão a acontecer. Algumas delas são apenas frutos das nossas emoções, outras podem até serem malignas, por isso precisamos de Deus e dos frutos do Espírito Santo agindo em nossas vidas. No capítulo 5.7-11 somos desafiados a perseverar nas orientações de Deus, é como se ele dissesse: se a semente de Deus foi lançada então cuide dela com as ferramentas que Deus dá, (v.8) paciência, fortalecer o coração em Deus e alimentar-se com a certeza que a vinda está próxima. Jó lutou com essas armas, qual foi o resultado? Quer desfrutar o que Deus tem pra você? Quais os caminhos que Ele te oferece?

3). A ignorância que gera morte – (4.17 – Aquele que sabe o bem que deve fazer e não o faz nisso está pecando). Qual o resultado do pecado? Quando Jesus veio a esse mundo deixou bem claro quem Ele era e se apresentou apontando o caminho para que pudéssemos viver uma vida abençoada e abençoadora. “Eu Sou o Caminho, a Verdade e a Vida, ninguém vem ao Pai se não for por mim” (João 14.6), “Eu Sou a Porta, todo aquele que entrar por mim, salvar-se-á”...(João 10.9), agora eu gostaria que você olhasse para essas palavras de Jesus não apenas como uma promessa futura, mas como uma realidade presente. Qualquer ação, palavra, que não esteja de acordo com a proposta feita por Ele não produzirá vida, a negligência ou o não conhecimento do que Ele propõe não me livra das consequências. Precisamos voltar para Deus com todo o nosso coração, alma e propósitos (Atos 3.19-20) para desfrutarmos do refrigério que vem somente pela presença do Senhor.

 Conclusão: Amados(as), Jesus escancarou as portas do coração de Deus para nós, levou sobre Ele todas as nossas dores e o desejo dEle é que possamos viver uma vida segundo o coração dEle e para a glória dEle. Você quer isso? Então levante uma de suas mãos e vamos orar.

Download Estudo 553.docx

Download Estudo 553.pdf

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

SERMÃO N° 12 – 09.06.2019 | Tema: “Obediência ao Senhor Sempre Trará Recompensas”

Texto Biblico: Salmo 56; Salmo 57.1-3

Quebra-gelo: Porque obedecer é sempre tão difícil?

Introdução: Sem sombra de dúvidas a nossa maior dificuldade é manter-se focado no meio da tribulação. O Salmo 56 é considerado um hino de Davi quando foi encurralado pelos filisteus na região de Gate (v. 1 e 2) e ali ele clama pela misericórdia de Deus e se fortalece no Senhor para a batalha que teria que enfrentar. Na vida passamos por situações em que nos sentimos encurralados e muitas vezes não sabemos como responder a situação que estamos enfrentando, seja em casa, no trabalho, nos relacionamentos, etc. Através do testemunho de Davi encontramos algumas “dicas” importantes para a nossa vitória. Nesse Salmo Davi nos faz lembrar que a nossa obediência ao Senhor sempre trará recompensas, vejamos:

1). Precisamos escolher onde colocaremos a nossa confiança – (v. 3 e 4) – Parece muito simples isso. É bem provável que se fizéssemos a seguinte pergunta aqui: Em quem você confia quando vem a tribulação? Qual seria a sua resposta? Nossas ações e palavras revelam que confiamos no Senhor? “Em me vindo o temor, hei de confiar em Ti. Em cuja Palavra eu exalto, neste Deus ponho a minha confiança e nada temerei”. Davi descobriu no Senhor o segredo para vencer e com certeza foi muito recompensado em fazer isso.

2). Em Deus temos a capacidade de discernir a fonte das coisas e os limites delas – (v. 4-6) – Uma das estratégias das trevas é causar dores e incomodos e faz isso com muita habilidade e vai usar pessoas para fazer isso. O Diabo nosso adversário é enganador e cheio de esperteza: veja o que Davi diz: (1°) “Todo o dia torcem as minhas palavras”, alguém já torceu uma palavra sua? Como você se sentiu? Essa ação do maligno através de pessoas destrói muitas coisas maravilhosas da parte de Deus em nossas vidas. (2°) O inimigo é extremamente focado, não se desvia de suas intenções (v. 5-6) “...os seus pensamentos são todos contra mim para o mal. Ajuntam-se, escondem-se, espionam os meus passos, aguardando a hora para dar o bote...” (João 10.10 ...vem pra matar, roubar e destruir) ele não se desvia do seu propósito.

3). Deus age a nosso favor – (v. 8-11) – A nossa verdadeira segurança não está em nada e em nenhuma figura humana, a nossa verdadeira segurança está em Deus. As ações das trevas podem te levar ao choro, mas Deus recolhe as suas lágrimas (v. 8). Na presença do Senhor está a nossa vitória, os inimigos batem em retirada quando nos voltamos ao Senhor (v. 9). Quando nos alimentamos com a Palavra da vida os nossos “medos” se dissipam e percebemos o quão grande é o nosso Deus. Salmo 57.1-3 ...Ele dos céus me envia o seu auxílio e me livra.

4). Precisamos crescer em fidelidade e gratidão ao Senhor - (v. 12-13) – Qual é o compromisso que estabeleci diante de Deus quando entreguei a minha vida a Ele? O Diabo sabe o poder da aliança que você firmou com o Senhor e ele fará de tudo para que você seja infiel a ela, pense: como tratamos as alianças que firmamos com Deus e com as pessoas? E o nosso nível de gratidão? Vou me manter fiel, cheio de gratidão pelo que o Senhor fez e andarei na tua presença, andarei na tua luz fazendo a tua vontade.

 Conclusão: Amados(as), a obediência sempre trará recompensas, Davi descobriu essa verdade e por isso foi muito honrado pelo Senhor em tudo. Deseja renovar a sua aliança e caminhar em obediência ao Senhor? Então levante uma de suas mãos e vamos orar.

Download Estudo 552.docx

Download Estudo 551.pdf

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

SERMÃO N° 11 – 02.06.2019 | Tema: “Fé para Vencer.”

Texto Biblico: II Crônicas 19.4-9; Tiago 1.16-27; I João 5.4

Quebra-gelo: O que é fé pra você?

Introdução: Os tempos são ou estão difíceis? As lutas estão presentes em todos os lugares e situações, há uma insatisfação generalizada tomando conta da humanidade. A verdade é que os problemas sempre existiram, mas sempre se intensificam em cada geração. Você tem estado atento aos acontecimentos atuais? Parece que as pessoas estão mais nervosas, inquietas, violentas, insatisfeitas, impacientes e passamos a lutar pelas nossas vontades a qualquer custo. No texto de II Crônicas 19 encontramos o Rei Josafá vivendo momentos difíceis em sua nação e está nomeando alguns líderes para ajudarem (juízes) na restauração das pessoas, famílias e da nação, porém deixa bem claro que eles deveriam agir segundo a direção de Deus e não segundo o próprio coração. Para isso, deveriam caminhar no temor do Senhor. Os textos bíblicos lidos nos ajudam a lidar com a vida de maneira adequada, vejamos o que Deus nos fala através deles:

1). Precisamos de Deus – (II Crônicas 19.4-9) – Quando o Rei desafia os líderes que o ajudariam na restauração das pessoas, famílias e nação a caminharem em temor ao Senhor, é porque como Rei teve o discernimento que abrimos mão com muita facilidade da orientação de Deus para seguir o nosso coração. (v.9) Andai no temor do Senhor, com fidelidade e inteireza de coração, (v. 4) porque no Senhor nosso Deus não há, injustiça, nem parcialidade e nem aceita Ele suborno. Você já descobriu que precisa de Deus? Está disposto a caminhar seguindo a direção dEle para abençoar as pessoas, as famílias e a nação toda?

2). Tudo o que precisamos vem de Deus – (Tiago 1.16-27) – Ninguém se engane... “Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudanças”. Preste bastante atenção no que Deus está nos falando, O que verdadeiramente precisamos vem dEle e quando isso não fica claro acabamos abrindo mão do que abençoa para seguir as “tortuosidades” do nosso coração. Eu quero o que Deus quer e você? Está disposto a reconhecer que o que você precisa vem do alto e abrir mão do que o seu coração torto te oferece?

3). Precisamos nos mover por fé – (I João 5.4) – “todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé”. Nós é que complicamos as coisas e a razão por que fazemos isso é muito simples, rejeitamos, às vezes até inconscientemente, a direção que Deus dá e nos apoiamos em nossa própria vontade. Em Romanos 14.17-23 o Apóstolo Paulo afirma que o “Reino de Deus é justiça, e paz e alegria no Espírito Santo, aquele que desse modo serve a Cristo é agradável a Deus e aprovado pelos homens. Assim, pois, seguimos as coisas da paz e também as da edificação de uns para com os outros...”. “...O que não provém de fé é pecado”. Quantas ações, quantas palavras, quantas coisas nas nossas vidas não podem ser aprovadas pelo Senhor, porque não provém de fé? Andar por fé, isso é, andar em obediência ao Senhor é o que me dá vitória sobre o mundo.

 Conclusão: Quer ter uma fé para vencer? Está disposto a abrir mão das suas vontades para ter a vontade de Deus se manifestando em sua vida? Então vamos orar.

Download Estudo 551.docx

Download Estudo 551.pdf

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

SERMÃO N° 10 – 06.05.2019 | Tema: “Perdidos e Achados”

Texto Biblico: Lucas 15.1-32; Filipenses 2.5-11

Quebra-gelo: Você já perdeu algo? Que sentimentos brotam no coração diante da perda?

Introdução: É interessante perceber como nos comportamos diante de qualquer perda, por exemplo: você já perdeu a chave do carro justamente na hora de sair? É bem provável que além do turbilhão de sentimentos, corremos de um lado para o outro na tentativa de encontrar. É maravilhoso perceber que Jesus se utiliza desses sentimentos comuns aos seres humanos para explicar o valor das pessoas para o Senhor nosso Deus. Em Lucas 15 Jesus conta-nos três parábolas que nascem de uma discussão entre Jesus e um grupo de religiosos pelo fato de Jesus se interessar pelos pecadores e buscar resgatá-los, são parábolas que envolvem perdas, buscas, encontros e festas no céu. Vale a pena pensar e repensar continuamente nessas parábolas também para não perdermos tempos preciosos de nossas vidas com coisas que não possuem real valor, vamos refletir um pouco sobre isso:

1). Existe uma busca de Deus – Jesus procura esclarecer que assim como nós nos empenhamos para encontrar aquilo que acreditamos ter algum valor para nós e o perdemos, também o Senhor pelo alto valor que temos para Ele empreendeu uma grande busca para resgatar a vida humana.

2). Essa busca teve um alto preço É interessante olhar para o texto e perceber o quanto nos esforçamos para buscar aquilo que consideramos ter valor, a mulher (v.8) “...acende a candeia, varre a casa e procura diligentemente até achar...”, Deus na sua busca pelas nossas vidas foi muito além a ponto de ofertar o seu próprio filho para que nossas vidas fossem resgatadas. Filipenses 2.5-11.

3). Cada encontro com Deus promove-se grande festa – (v. 7; 10 e 22) – Todas as vezes que encontramos algo que estava perdido o nosso coração se enche de alegria e Deus afirma que esse mesmo sentimento acontece no céu, os anjos celebram a conquista. Quando você foi achado pelo Senhor uma grande festa se estabeleceu no céu.

4). Deus nos chamou para promover festas no céu (v. 25-32) – O desfecho da última parábola revela o coração de alguém (que além de promover festas nos céus deveria se alegrar com o resgate daquele que estava perdido) que deveria estar muito feliz com o resgate do irmão que estava perdido, mas que se enche de amargura e torna-se um problema para o pai. Quantas vezes nos encontramos exatamente assim? Deixamos o desafio de promover festas no céu e nos fechamos em nossas próprias amarguras. Amado(a), Deus te chamou para promover festas no céu.

 Conclusão: Deus buscou você e continua buscando a todos, pagou um alto preço por você e por todos, promoveu uma grande festa para te acolher e deseja realizar muitas festas para acolher todos os que se voltarem para Ele e te chama para também promover festas no céu, você deseja isso? Então se levante, ajuste o foco e vamos orar.

Download Estudo 550.docx

Download Estudo 550.pdf

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

SERMÃO N° 09 – 06.05.2019 | Tema: “Caixas Pretas”

Texto Biblico: João 10.9-10; I Corintios 10.1-13

Quebra-gelo: Se houvesse a possibilidade de caminhar sem tropeços você gostaria?

Introdução: As aeronaves comerciais são equipadas com duas caixas que registram os dados de voo; são as famosas caixas-pretas. Uma delas registra o desempenho e a condição da aeronave em voo; a outra registra a conversação da tripulação com os controladores de tráfego aéreo em solo. O objetivo em casos de acidentes é que não apenas se descubra as causas, mas também que se aprenda para tornar os voos futuros mais seguros. O Apóstolo Paulo em I Corintios 10 está nos fazendo refletir e aprender com os erros passados, nos desafia a examinar as caixas pretas e aprender, vamos refletir um pouco sobre isso:

1). Deus tem planos para você (João 10.10) – Deus ao enviar seu Filho Jesus, abriu as portas para que todos nós pudessemos viver todos os propósitos de Deus para as nossas vidas. “Eu sou a porta, disse Jesus”, “Eu vim para que você tenha a vida e a tenha abundantemente”. Deus tem planos para você e abriu as portas para você desfrutar deles por meio de Jesus. Você deseja isso?

2). Deus é fiel (I Co 10.13) – “...Deus é fiel..., e proverá livramento..., para que possa suportar”. A palavra de Deus revela para nós que teremos que lidar com algumas turbulências durante a nossa jornada e precisamos em todo o tempo colocar nossas vidas nas mãos do Senhor que sabe como prover todas as condições para que possamos suportar.

3). A falta de entendimento pode nos afastar do projeto de Deus.(v. 5) – A maioria de nós acredita que pode caminhar sem a direção de Deus. Em João 15.5 Jesus declarou que sem Ele nada podemos fazer. Na verdade sem Ele podemos fazer muitas coisas, porém nada poderemos fazer que seja verdadeiramente abençoador. No versículo 5 temos a afirmação que a decisão deles de caminharem sem a direção de Deus colocou-os prostrados no deserto, ou seja, a caminhada deles não durou muito tempo, tornou-se um fardo tão pesado que não conseguiram mais caminhar. Não é diferente conosco, quanto mais demoramos para perceber que precisamos de Deus, mas rápido nos prostraremos diante do deserto, começaremos a carregar fardos e pesos que não precisamos carregar.

3). Temos exemplos para observar (v.11) - Precisamos abrir a caixa preta de diálogo entre a tripulação e o Controlador de nosso voo e descobrir quais foram os erros de nossos irmãos no passado para que possamos voar o nosso voo em segurança. “Tudo o que foi escrito, foi escrito para exemplo nosso, para que possamos desfrutar de todas as promessas de Deus para nós”, ou seja, não precisamos ficar prostrados no deserto. “As advertências de Deus são para nos proteger e não para nos punir”.

Conclusão:Não podemos desejar uma vida diferente daquela que Deus planejou para nós. Você deseja o que Deus deseja para você e para a sua família? Deseja o que Ele deseja para o seu presente e seu futuro? Então se levante, ajuste o foco e vamos orar.

Download Estudo 549.docx

Download Estudo 549.pdf

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

SERMÃO N° 08 – 06.05.2019 | Tema: “Frágil: Manuseie com Cuidado”

Texto Biblico: Salmo 90.1-17; Deuteronômio 30.15-30

Quebra-gelo: Quando é que um produto recebe o título dessa mensagem como recomendação?Pode compartilhar?

Introdução: Qualquer produto quando transportado de um lado para o outro recebe algumas recomendações para que o transporte seja efeutado com segurança. Alguns pelo alto grau de fragilidade recebem uma indicação um pouco mais específica: “Manuseie com Cuidado”. Se prestarmos bastante atenção veremos que o Senhor constantemente nos alerta sobre a fragilidade das nossas vidas e de certa forma nos alerta a “manuseá-la com cuidado”. O Salmo 90 é um grande alerta sobre a fragilidade da vida humana e Deuteronômio 30 nos apresenta os desafios diários das escolhas que devemos fazer, vamos refletir um pouco sobre isso:

1). A vida passa muito rápido. (v.10 e 12) – “Faze com que saibamos como são poucos os dias da nossa vida para que tenhamos um coração sábio (NTLH)”. Pense um pouco: Se você soubesse que hoje seria o seu último dia, o que você mudaria na sua vida? Quais as coisas que você priorizaria?  Como trataria as pessoas? O Salmista faz um clamor ao Senhor para que Deus mantivesse essa verdade bem viva na sua memória, com o objetivo de que tivesse um coração cheio de sabedoria.

2). Deus é de eternidade a eternidade.(v. 1 a 4) – Antes de tudo, antes de todas as coisas, antes de nós existirmos, Deus já era, Deus já se fazia presente. Ele é Senhor, mas extremamente misericordioso para conosco tornando-se refúgio de geração em geração. O que o salmista está tentando trazer como entendimento para nós é que tudo o que nós precisamos para viver de forma abençoadora vem de Deus. A vida é rápida, e Deus nos chama para vivê-la segundo a sua direção, tudo o que está escrito revelam o caráter de Deus, mas também mostram o nosso coração, não tem nada novo debaixo do céu e em cima terra.

3). Sua misericórdia se renova a cada manhã(v. 14) – “Sacia-nos de manhã com a tua benignidade...”  – (v. 17) – “ Seja sobre nós a graça do Senhor e confirma as obras de nossas mãos”.  Podemos ter a benção de Deus em tudo o que fizermos, se nos deixarmos ser alimentados por Ele. Deuteronômio 30.15-20 traz uma palavra de encorajamento de Deus diante dos desafios da vida. E o desafio é escolher a vida, escolher a benção para que nós e a nossa descendência possamos viver, “amando ao Senhor, dando ouvidos a vóz do Senhor e apegando-nos a Ele, porque é disso que depende a nossa vida”. Sacia-nos...

Conclusão:Nossa vida é extremamente frágil, precisamos aprender a manuseá-la com cuidado. Que Deus nos ajude a escolher viver como se fosse o nosso último dia. Você entende que sua vida é muito mais frágil do que você pensa? Deseja gastar a sua vida para a glória de Deus e para que muita gente seja abençoada? Então levante-se e vamos orar.

Download Estudo 548.docx

Download Estudo 548.pdf

IGREJA METODISTA CENTRAL DE MARINGÁ

SERMÃO N° 07 – 06.05.2019 | Tema: “Bateu na Trave”

Texto Biblico: Marcos 10.17-22 e  Lucas 10.38-42

Quebra-gelo: Quantos conhecem essa expressão: “Bateu na Trave”? O que ela significa prá você? Pode compartilhar?

Introdução: Você já deixou de ganhar algo “por pouco”? Para muitas pessoas a vida é cheia de “quases”, ou cheia de “por poucos”. Quase deu certo, quase consegui, quase fui feliz, quase fomos campeões. O problema é que uma vida de “quases” é uma vida de derrotas, uma vida de coisas que não se realizaram, isso é frustrante. Se pensarmos que se tivéssemos perseverado um pouco mais teríamos conseguido, a frustração pode ser maior. Isso é o que acontecesse com muitos na vida com Deus, eles perdem a oportunidade de uma vida abençoada, de uma vida cheia da presença de Deus, “por pouco” e isso normalmente acontece porque priorizamos as coisas erradas. Os dois textos que lemos falam de experiências que “por pouca coisa” perderam o excelente de Deus, o jovem rico desenvolveu uma vida muito religiosa que apenas o tornou prisioneiro das coisas que acumulou. Marta tornou-se prisioneira dela mesma por causa do seu próprio coração ferido não conseguia liberar Maria e tentou afastá-la da presença de Jesus. Vamos pensar no que Jesus estava propondo nesses textos:

1). A vida que desejamos e verdadeiramente precisamos é a que Ele, o Senhor propõe para nós - Muitos não entenderam isso ainda, ficam chateados por não terem coisas ou de terem que perder coisas (como o jovem rico), e não aproveitam a bênção de uma vida de comunhão com Deus. Lembre-se: você pode ter tudo, porém sem Deus é um miserável. O importante é conhecer e andar com Deus, estar cada vez mais próximo Dele; essa é a única coisa que não pode nos faltar. A boa parte é ter comunhão com Jesus.

2). O diabo vai tentar tirar tua alegria de uma vida com Deus. - O diabo vai tentar te convencer do quanto às outras coisas são importantes e necessárias, e que você precisa delas. Vai tentar mostrar que não adianta ter a Deus se Ele não te dá o que você quer. O diabo vai tentar tirar a sua alegria de fazer parte da família de Deus. Cuidado, se você ainda tem outras coisas no coração além de Deus, o diabo pode tentar roubar sua paz e alegria.

3).  Você só precisa de uma coisa: Jesus! - Tudo o que você precisa é de Deus e de estar próximo a Ele. Jesus, no texto de Lucas, diz que Maria escolheu a boa parte. E você, o que quer? Quer a Deus ou as coisas que o mundo oferece? Muitos falam que querem a Deus, mas são infelizes por não terem algumas coisas que o mundo oferece. Precisamos ter clareza em nosso coração, o importante é estar em Deus. Se estamos em Deus escolhemos a melhor parte e com certeza seremos realizados.

Conclusão:Maria escolheu estar com Jesus, Marta ficou reclamando de Maria e o jovem rico preferiu os bens e as riquezas que tinha; e você, o que quer? O que você escolhe: a Deus ou as outras coisas? Você quer a Deus? Quer por o seu coração verdadeiramente Nele? Não quer perder a vida eterna por pouco? Levante a mão, vamos orar.

“Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação dos séculos.”

 (Mateus 28.18-20)

  • Estas palavras foram dirigidas aos discípulos por Jesus pouco antes que Ele fosse elevado aos Céus e se assentasse à destra do Pai.

  • A Bíblia afirma que, além dos apóstolos, mais de 500 pessoas viram Jesus depois de ressurreto e que o Espírito do Senhor foi concedido a todos os que creram.

  • Portanto, este chamado não se dirigiu especificamente a um ou a outro discípulo, mas a toda a Igreja de Cristo.

“Entrementes, os que foram dispersos iam por toda parte pregando a Palavra.”

(Atos 8:4)

  • Nós somos a Igreja do Senhor hoje, embaixadores de Cristo nesta terra, e, portanto, temos parte nesta missão.

Diante desta realidade, nossa responsabilidade neste chamado nos leva a olharmos com mais atenção para o evangelismo em nossa Igreja e a considerarmos sobre nossa caminhada como discípulos do Senhor........PARA CONHECER MAIS SOBRE A MISSÃO DA IGREJA DE CRISTO CLIQUE NAS FOTOS ABAIXO.